viajar_para_fernando_de_noronha

Economia e diversão: como viajar para Fernando de Noronha e não pagar caro

Powered by Rock Convert

Quando pensamos em Fernando de Noronha, muitas vezes assimilamos o destino às celebridades, praias paradisíacas e luxo. Sim, o arquipélago que é um dos lugares mais belos do Brasil, acaba sendo destaque pela quantidade de famosos por metro quadrado. Mas, nem só de glamour vive a ilha. Esqueça um pouco esse rótulo e saiba que não só não é tão caro viajar para Fernando de Noronha, como você aproveitar a oportunidade ainda este ano! E temos provas para te mostrar que é possível aliar o planejamento com um orçamento que não seja exorbitante.

viajar_para_fernando_de_noronha

O primeiro ponto a se analisar quando falamos de preço em Fernando de Noronha é a tabela dos passeios na ilha, que pode variar de uma agência para outra. Inclusive, você pode conferir esses valores rapidamente no Roteiro Fácil da Bonitour. E não se preocupe, que depois conversamos mais sobre essa ferramenta.

O que fazer em Fernando de Noronha?

Fernando de Noronha, sem sombra de dúvidas, é um destino paradisíaco. Lá, você se aproxima da natureza de uma forma única. Com os diversos projetos de preservação, o local ainda é um cantinho com a menor interferência do homem. E não perde em nada para nenhum destino internacional.

viajar_para_fernando_de_noronha

O próprio preço, que é mais alto do que outros locais turísticos no Brasil, inclui a experiência única proporcionada na região: uma junção de belas praias, trilhas, mergulhos. Um local onde  todo o ecossistema convive de forma sinérgica.

Quer conhecer todos os passeios em Fernando de Noronha? Clique aqui!

Quanto custa viajar para Fernando de Noronha?

A viagem para Fernando de Noronha depende muito do orçamento e do período que você deseja viajar. Nos meses de alta temporada, entre agosto e fevereiro, e em datas comemorativas, como Carnaval e Réveillon, os preços aumentam bastante. Por isso, é difícil definir exatamente quanto custa viajar para Fernando de Noronha.  O orçamento das passagens áreas, hospedagem, transporte e até passeios dependem muito dessa escolha da data. Por isso, tem viajante que gasta em média R$ 500 por dia com tudo incluso, até pessoas que acabam desembolsando muito mais. Listamos também algumas atrações em Fernando de Noronha que você pode fazer em até cinco dias.

Taxas obrigatórias de Fernando de Noronha

Para a preservação do local, o governo fixa algumas taxas obrigatórias para quem deseja visitar Noronha. Uma delas é a Taxa de Preservação Ambiental, que, como o próprio nome diz, é um gasto para quem pisa no arquipélago. A taxa varia de acordo com a quantidade de dias que você vai ficar no local, de R$ 73,52, para permanência durante um dia. O valor pode ser pago online ou no aeroporto.

A outra taxa, mais recente, é a da visitação do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. O custo para brasileiros é de R$ 106,00 por pessoa, e para estrangeiro, R$ 212,00 (em 2019), e a compra pode ser feita via internet ou em postos de atendimento na ilha.

Preços e Gastos em Fernando de Noronha

Além das taxas obrigatórias de Fernando de Noronha, outros gastos são pré-definidos com o planejamento da viagem. O custo com alimentação, por exemplo, pode ficar na média de R$ 100 por dia, com almoço e janta já inclusos. Há opções de restaurantes de comida a quilo ou prato feito na ilha.

Já a hospedagem varia de acordo com a quantidade de pessoas e pode ficar em média R$ 200,00 por pessoa. Claro que há várias opções de hospedagem diferentes. Conheça todas as opções de hospedagem disponíveis neste nosso post.

Ah, e não se preocupe! Apesar da distância do continente, Fernando de Noronha tem caixas eletrônicos do Banco 24 Horas e não vai te deixar na mão, se você precisar sacar mais dinheiro. Algumas agências, como da Caixa Econômica e do Bradesco também têm horário de funcionamento normal e grande parte dos estabelecimentos já aceitam diversas bandeiras de cartão de crédito.

Como economizar em Fernando de Noronha

Uma forma de economizar em Fernando de Noronha é escolher a baixa temporada para aproveitar a região – março (pós Carnaval) a agosto. Isso reduz drasticamente os valores de hospedagem, passagens áreas e até alimentação no local. Para quem quer economizar ainda mais, uma alternativa é comprar alguns mantimentos no mercado e abastecer na sua viagem.

Quer saber mais sobre quando ir a Fernando de Noronha? Separamos um check-list da melhor época para conhecer o arquipélago.

Uma outra dica importante é planejar com antecedência a viagem em si. É recomendado antecipar em três a seis meses esse planejamento para já reservar a data e diminuir esses gastos. Só digo uma coisa: não deixem de aproveitar os passeios únicos da ilha.

No blog da Bonitour deixamos várias dicas para quem vai viajar para Fernando Noronha. Quer conhecer mais sobre o destino? Baixe a landing page e veja o ebook Guia para Fernando de Noronha.

E se você quiser escolher os passeios e começar de verdade o planejamento da viagem, conheça a ferramenta da Bonitour: o Roteiro Fácil. A plataforma vai te ajudar a organizar todo o orçamento e definir as atrações, hospedagem e horários de forma rápida e simples. A inovação em viagens de ecoturismo já está disponível para download!

Faça o seu roteiro de forma planejada e econômica! E conta pra gente como foi a sua experiência!

viajar_para_fernando_de_noronha

Agradecimento forográfico:

  • @alva.avelar
  • @guicoutos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *