mergulho_em_noronha

Mergulho em Noronha x Mergulho em Galápagos: qual escolher?

Praticar mergulho em Noronha ou em Galápagos pode ser uma grande oportunidade de entrar em contato com a diversidade marinha destes dois destinos. E nós estamos falando de tubarões, tartarugas-marinhas, pinguins….

Mas, qual destino escolher?

O que já podemos lhe adiantar é que, independentemente da sua preferência, uma coisa é certa: essa experiência pode ser realmente encantadora.

Vamos partir de um exemplo: Fernando de Noronha é considerado um dos maiores parques de vida marinha do Brasil! Deve ser por isso que o mergulho é um dos passeios mais requisitados pelos seus visitantes. Principalmente porque o arquipélago é um dos lugares mais propícios do mundo para a prática de mergulho.

Já no pequeno grupo de ilhas que representa Galápagos, é possível experimentar a sensação de mergulhar no oceano Pacífico. E a beleza natural de Galápagos, agregada à abundante vida marinha, já representa uma grande probabilidade de atender às expectativas de qualquer visitante.

Em Noronha e Galápagos, o mergulho é um atrativo que quase todo o mundo pode vivenciar. E, neste artigo, vamos lhe ajudar a conhecer um pouco mais sobre os tipos de mergulho, e abordar as principais informações que você precisa saber sobre essa atividade!

Tipos de mergulho em Noronha e Galápagos

O mergulho é uma prática que oferece diversos benefícios. E existem três principais modalidades: o mergulho livre, o mergulho autônomo e o mergulho profissional. Cada tipo tem as suas peculiaridades, que envolvem os requisitos básicos para ser praticado, o grau de dificuldade e quem está apto a realizá-lo.

Tanto em Noronha quanto em Galápagos, é possível praticar estas modalidades de mergulho. Mas há algumas diferenças. E é isso que veremos, juntos e de forma mais profunda, a seguir.

Mergulho Livre

mergulho_livre_noronha

O mergulho livre é praticado, na maioria das vezes, com uma máscara, um snorkel (tubo para respiração) e nadadeiras. Essa modalidade é mais simples e financeiramente acessível de ser praticada. Além disso, proporciona a vista de todas belezas do mar e uma grande interação com a vida aquática.

E existem, também, os subtipos de mergulho livre, que envolvem a apneia, ou seja ficar embaixo d’água sem respirar:

mergulho_em_noronha

O mergulho livre pode ser praticado por qualquer pessoa, mas é preciso ter atenção ao tempo que se consegue ficar sem respirar. Este cuidado diz respeito ao limite que cada organismo consegue aceitar sem que se sobrecarregue.

Você pode praticar mergulho livre em Fernando de Noronha e Galápagos. A diferença se encontra na diversidade de vida marinha, específica de cada local. Mas as duas opções são de encantar os olhos.

Sobre Fernando de Noronha, preparamos uma tabela com os principais pontos de mergulho do destino, para você já poder se planejar:

mergulho_em_noronha

Ah! Não esqueça que, para permanecer em Fernando de Noronha, é preciso pagar uma taxa de preservação ambiental, que tem o valor de R$73,52 por dia (2019). Ou seja, se você ficar na ilha durante 04 dias, o valor total da taxa será de R$294,08.

Mergulho autônomo

mergulho_autonomo_noronha

O mergulho autônomo é diferente do mergulho livre. Principalmente em relação ao fator respiração. Em Noronha e em Galápagos, é necessário utilizar alguns equipamentos:

mergulho_em_noronha

Em Fernando de Noronha, por exemplo, é possível participar o mergulho de batismo. Este nada mais é do que o mergulho autônomo para os visitantes que não possuem certificação para a prática.

Os instrutores explicam como funcionam os equipamentos e como utilizá-los. Eles, ainda, ajudam a vestir a roupa e “batizam” cada novo mergulhador. São até 12 metros de profundidade, sempre acompanhado do instrutor.

Mergulho profissional

mergulho_profissional_noronha

A modalidade de mergulho profissional exige alto conhecimento dos mergulhadores. Os profissionais habilitados, normalmente, descem a, até, 50 metros de profundidade. Mas, antes, é necessário se formar como mergulhador raso, que envolve várias etapas de aprendizado, dentro e fora da água.

Em Galápagos, o mergulho profissional é altamente recomendado, devido às correntes fortes, água fria e mar agitado.

Os equipamentos são, basicamente, os mesmos que o mergulho autônomo. Há Apenas alguns itens básicos a mais: faca de mergulho, lanterna e computador para cálculos.

banner partiu noronha

Recomendações para praticar mergulho

É importante você ficar por dentro de algumas recomendações para a prática de mergulho em Fernando de Noronha e Galápagos.

  • Em Noronha, não é permitido mergulhar até 24 horas antes de viajar de avião.
  • Todas as regras do Parque Nacional Marinho, em Noronha, estão sob supervisão do IBAMA, inclusive os pontos de mergulho e a quantidade de visitantes que podem estar no local, ao mesmo tempo.
  • Além da taxa de preservação ambiental, para ingressar no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, é preciso desembolsar uma taxa de R$ 106,00 por pessoa. Estão isentos do pagamento as crianças com menos de 12 anos e adultos com mais de 60 anos.
  • Recomenda-se não ingerir alimentos pesados antes de praticar mergulho, tanto em Noronha quanto em Galápagos.
  • Mulheres gestantes e pessoas com problemas cardíacos, respiratórios ou hipertensão, não podem realizar o mergulho.
  • Em Noronha, crianças a partir de 10 anos podem mergulhar, desde que munidas de autorização escrita do responsável.
  • A prática de mergulho também não é indicada para pessoas com claustrofobia.

Agora, você já tem em mãos as informações que precisa para praticar mergulho em Noronha ou em Galápagos. 😉

E, se você deseja continuar a sua aventura pelo fundo do mar aqui no Brasil, aproveite para conhecer os passeios de flutuação e mergulho de Bonito/MS.

Para facilitar ainda mais, conte com o Roteiro Fácil para organizar as suas viagens, inclusive para Fernando de Noronha!

monte_seu_roteiro_aqui

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *