Saiba qual é a melhor época para conhecer Fernando de Noronha

Saiba qual é a melhor época para conhecer Fernando de Noronha

O Arquipélago de Fernando de Noronha, em Recife-PE, é um dos destinos paradisíacos mais desejados e procurados pelos turistas e também por quem ama o ecoturismo. Como a região é incrível durante todo o ano, que tal uma ajuda da Bonitour para escolher qual é a melhor época para você conhecer o conjunto de ilhas? Então vamos lá!  

Qual é o seu perfil de viajante?

Fernando de Noronha é rica em atrativos e proporciona diferentes experiências para cada estilo de viajante. Perfeita para toda a família e para quem está em uma viagem romântica, conta com passeios de barco, tour local, snorkel e outros. Imperdível para quem gosta se aprofundar na cultura, tem o Mirante dos Golfinhos e a caminhada histórica. A ilha é única para quem se aventura sozinho, ou quer desbravar a região com amigos, nada melhor que os esportes em meio a natureza, trilhas e o mergulho livre.

Qual é o seu perfil de viajante?

As estações de Fernando de Noronha

O sol está presente durante o ano todo e a temperatura em Fernando de Noronha é estável, com média de  28 °C . As águas cristalinas do mar estão sempre entre os 24 °C e 26 °C.
Os ilhéus, moradores locais, identificam duas estações predominantes: a seca, que vai de agosto a fevereiro e a chuvosa, entre os meses de março e julho. Na época das chuvas, que são esporádicas, as estradas da ilha podem ficar cobertas de lama, dificultando um pouco o ir e vir.

As estações de Fernando de Noronha

As temporadas do arquipélago

O movimento da ilha também é marcado pelos períodos de férias e feriados. Entre dezembro e fevereiro, bem como julho, ela fica mais cheia e isso reflete nos preços das hospedagens e serviços.

A virada do ano é o momento mais agitado, ideal para quem ama festas e luaus. O investimento pode dobrar em relação a outros períodos. Para quem deseja menos movimento e valores mais convidativos, os meses entre abril e junho são indicados.

O que fazer na Ilha

O que fazer na Ilha

Como existem inúmeras atrações de turismo e ecoturismo, aqui você encontra algumas sugestões e dicas de passeios para apreciar a fauna e flora do local:

Praias

Como a ilha é dividida em Mar de Dentro, direcionado  para o Brasil, e Mar de Fora, voltado para a África, você tem diferentes opções de praias para visitar e relaxar: as primeiras com mais areia e as demais formadas por pedras. Além disso, o Projeto Tamar atua na Praia do Leão com as tartarugas-marinhas.

Surf

Para quem ama as ondas, o período entre dezembro e março é o mais indicado. Janeiro e fevereiro são considerados os melhores meses para aproveitar o swell, vento responsável pelas ondas enormes. Em outubro, novembro e abril tais ondulações são passageiras.

O que fazer na ilha

Mergulho

Os meses indicados para encontrar o mar tranquilo, e com uma visibilidade de até 50 metros, são setembro e outubro. Entre dezembro e meados de março o mar agitado, influencia a navegação e estabilidade dos barcos, dificultando a atividade. Entre abril e junho, com chuvas no início do dia e fim da tarde, os mergulhos são bons em visibilidade, mas não tanto em luminosidade.

Trilhas

Existem várias trilhas para desbravar o arquipélago, como a Trilha Leão, Trilha Golfinho e a Trilha Atalaia. Algumas só podem ser realizadas com autorização do IBAMA e acompanhamento de condutores credenciados, e outras são de acesso livre. Entre agosto e fevereiro, aproveite para fazer a Trilha Capim-Açú.

O que levar
o que levar

Independente da data de sua viagem, coloque roupas leves em sua mala. Lembre-se que o vento pode dar uma sensação de frio, então também invista em um agasalho.

Não esqueça de seus medicamentos;  protetor solar e repelente; boné ou chapéu e óculos escuros; calçado para caminhada e chinelos; cangas e toalhas; câmera fotográfica e uma mochila para sua praticidade.

Se você curtiu as dicas e quer conhecer outros destinos de ecoturismo no Brasil, visite nosso blog!

Partiu Fernando de Noronha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *