tour_inverno_serra_gaucha

Tour de Inverno na Serra Gaúcha

Quando o frio começa, já sabemos o que está chegando! A temporada da boa comida, fondue,  chocolate quente, vinho e a coberta. Tudo combinado para aproveitar a época das baixas temperaturas. E se tem um destino perfeito para passar o inverno é a Serra Gaúcha! Gramado e Canela sabem receber visitantes da melhor forma possível! Por isso, separamos alguns destaques de passeios e atrações para o seu tour de inverno na Serra Gaúcha!

Atrações na Serra Gaúcha

A região é um dos destinos mais belos do país. Independente da estação, é perfeita para aventureiros que gostam do ecoturismo. E também para aqueles que querem ver de perto as melhores opções de gastronomia. Como a região sofreu bastante influência da imigração, a cidade é um pedacinho da europa no Brasil.

Apesar de ser um local muito visitado durante todo o ano, é no inverno que a Serra Gaúcha ferve. Além das datas comemorativas, como a Páscoa (repleta de chocolates e desfiles) e o Natal. Isso porque a região agrega as baixas temperaturas, a possibilidade de neve no Brasil, e lugares incríveis! Veja só!

Passeios de inverno na Serra Gaúcha

Rua Coberta

Para começar o nosso tour de inverno na Serra Gaúcha, vamos falar da Rua Coberta. A Rua Coberta, ou a Rua Madre Verônica, fica no centro de Gramado. É um dos pontos turísticos da região serrana e um charme para passear logo no início da viagem. Normalmente, os hotéis e pousadas ficam próximos a essa rua.

Em datas festivas, como Natal, por exemplo, a Rua Coberta é o local de encontro para aproveitar as festas. No inverno, é o ponto principal para quem quer fugir do frio e aproveitar aquele bom chocolate quente. Tudo, com decoração rústica, para observar o movimento.

Mas, a rua também é o principal ponto de gastronomia de Gramado no inverno. São diversas opções de restaurantes, bares, cafeterias e lojas para o turista curtir o frio, muito bem aquecido. Ah, e é uma ótima oportunidade para comprar as lembrancinhas de viagem para a família, principalmente, os chocolates de Gramado!

Se ainda tiver tempo para aproveitar o entorno da Rua Coberta, temos outras dicas!

  • Lago Negro: o lago é um dos pontos mais visitados pelos turistas. Próximo à Rua Coberta, é perfeito para tirar aquelas fotos encantadoras e andar nos pedalinhos. A vegetação ao redor do lago fica branca da geada no inverno. É realmente deslumbrante!

Mundo a Vapor

Já pensou em ver um mundo em miniatura? E que tal um mundo em miniatura repleto de história de um dos meios de transporte mais antigos da humanidade? O Mundo a Vapor faz a diversão de adultos e crianças, trazendo um aspecto lúdico para a viagem.

O parque temático Mundo a Vapor em Canela RS demonstra as diversas máquinas a vapor até hoje. Uma das miniaturas, inclusive, é de uma locomotiva que reproduz um acidente ocorrido em Paris, em 1895. Também é possível levar as crianças para um passeio de mini locomotiva pelo parque.

As máquinas a vapor estão intimamente ligadas à própria história da Serra Gaúcha. E aí entra a outra dica extra:

  • Passeio na Maria Fumaça: a locomotiva famosa fica em uma cidade próxima a Gramado e Canela, Bento Gonçalves. Os passeios são oferecidos com música típica gaúcha e até degustação de vinhos. Vale lembrar que a região é reconhecida também por sua rota do vinho na Serra Gaúcha.

Almoço na Casa Fracalossi

Com neve no Brasil ou não, o importante é aproveitar o que a Serra mais tem de especial! Entre as atrações, é claro, está a gastronomia. E um dos destaques é a Casa Fracalossi. Por isso, entre um passeio e outro, o ideal é fazer uma parada de almoço por lá. Ou até um café da tarde, estilo colonial!

Quando falamos que a Serra Gaúcha é um pedacinho da europa no Brasil, não é exagero. A prova é o próprio almoço na Casa Fracalossi. Recheado de boas opções de comidas típicas italianas, você pode se deliciar com as massas, molhos e sobremesas! Além do almoço, a casa oferece um café colonial típico e repleto de boa comida, produzida no local!

  • Roteiro Caminhos de Pedra: a Casa Fracalossi integra o roteiro Caminhos de Pedra. O roteiro nasceu da necessidade de preservar a cultura dos imigrantes italianos na região. São diversas opções gastronômicas e passeios culturais no “museu vivo” da comunidade.

Passeio pela Linha Bonita

Um tour de inverno na Serra Gaúcha não pode estar completo sem uma imersão na cultura gaúcha. E o Tour Raízes Coloniais, ou Linha Bonita, é um dos passeios imperdíveis! A cultura, história e origem da cidade está completa nesse roteiro, que ainda é um pouco desconhecido pelos turistas.

O passeio pela Linha Bonita é na zona rural de Gramado RS. As principais atrações são:

  • Casa Centenária Família Ferrari: conheça a história de 120 anos da casa e da família Ferrari. A construção mostra como ocorreu o início da colonização de Gramado.
  • Ervateira Família Marcon: tire as suas curiosidades da produção de erva-mate. E você pode aprender a preparar o chimarrão, a bebida mais característica do estado.
  • Museu da Família Fioreze: mais um local para conhecer a fundo a história da imigração italiana.
  • Café Colonial da Família Foss: nada melhor do que aproveitar mais uma iguaria da gastronomia local. O café colonial disponibiliza diversos pratos da culinária italiana: salames, queijos, pães e cucas caseiras. Tudo ao som de músicas com clássicos da italianos e gaúchos.

Jantar no Garfo e Bombacha

Para fechar o nosso tour de inverno na Serra Gaúcha, nada melhor do que um jantar tipicamente gaúcho! Que tal experimentar uma costela de chão, assada por oito horas em uma churrascaria gaúcha? O jantar na Garfo e Bombacha está acompanhado de música típica e shows culturais.

Na Churrascaria Garfo e Bombacha, o show acontece em um palco central. Além das músicas tradicionais ao vivo, há uma apresentação folclórica de prendas e peões. Entre as danças tradicionais: a chula, o chote, o vaneirão, a dança do pau de fita. Tudo em um ambiente bem característico de Centro de Tradição Gaúcha!

Mais opções de passeios

Região do Vale dos Vinhedos

A Serra Gaúcha também é muito conhecida pela sua produção de vinhos. Algumas da vinícolas mais famosas do país ficam por lá. O Vale dos Vinhedos, na cidade de Bento Gonçalves, é comparado à Toscana, região italiana. E se você é um apreciador dessa bebida milenar, conhecer a rota do vinho na Serra Gaúcha é obrigação!

São José dos Ausentes

Agora se é frio, frio mesmo (de verdade) que você quer curtir, precisa passar por São José dos Ausentes. O tour de inverno na Serra Gaúcha só ficará completo com uma visita a uma das cidades mais frias do Brasil!  Isso, sem contar a beleza dos cânions e cachoeiras. O pico mais alto no estado, o Pico Monte Negro, com 1403 metros de altura está localizado lá.

O que levar na mala?

Como você sabe, as temperaturas são muito baixas na região. O inverno na Serra Gaúcha pode chegar a temperaturas negativas e as geadas são frequentes durante essa época do ano. E, sim, pode ocorrer a tão sonhada neve no Brasil. Por isso, leve roupas confortáveis e quentes, bem quentes! Casacos grossos de lã, gorro, luva. Tudo para aproveitar as mais baixas temperaturas!

E por ser alta temporada na região, a antecedência no planejamento é fundamental! As cidades da Serra Gaúcha recebem milhares de pessoas no inverno. Se você quer ser uma delas, é melhor organizar o quanto antes!

monte_seu_roteiro_aqui

Para facilitar esse trabalho, conheça o Roteiro Fácil! Por meio da ferramenta, é possível planejar todo o seu roteiro! Desde o agendar os passeios, o transporte entre as atrações, até o acompanhamento do check-in online! Quer saber mais? Veja a melhor forma de montar o seu pacote para Gramado e Canela!

E aí, quer aproveitar o charme do inverno na Serra Gaúcha? O que mais gostou do nosso tour? Comente e compartilhe conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *