fbpx

Novo normal em viagens: como viajar com segurança

Novo normal em viagens: como viajar com segurança

Estamos passando por um momento atípico em todo o mundo e muitas dúvidas surgem com a instabilidade que a pandemia do coronavírus vem causando. Em relação ao novo normal em viagens, “como viajar com segurança?” é a principal dúvida dos turistas no Brasil e em todo o mundo.

Para viajar durante a pandemia, os cuidados em relação ao distanciamento social, higiene frequente das mãos e o uso de máscara são fundamentais, independentemente do lugar a ser visitado. Além disso, existem outros fatores a serem levados em consideração e cuidados a serem tomados para viajar com segurança

Neste texto, separamos algumas informações e dicas que vão te ajudar a entender melhor esse momento do turismo. Confira!

O novo normal em viagens

Ao planejar uma viagem em 2021, é importante estar ciente que o funcionamento de destinos turísticos no Brasil depende das restrições de cada região. O cenário atual é instável e tudo pode mudar a qualquer momento. Por isso, fique atento aos sites oficiais das cidades ou estados que você pretende visitar. 

Além disso, atente-se também aos destinos que estão pedindo o teste de coronavírus com antecedência a data de embarque, como é o caso de Fernando de Noronha, por exemplo.

É seguro viajar agora?

Essa é uma dúvida muito comum e a resposta depende de diversos fatores e particularidades de cada destino. A IATA – Associação de Transportes Aéreos disponibilizou um mapa global interativo que mostra as exigências de viagens adotadas por cada país (em inglês). 

No Brasil, o Ministério do Turismo lançou o selo Turismo Responsável, um programa que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor turístico. O selo é um incentivo para que os viajantes se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável. 

Outro selo muito importante é o Safe Travels, criado pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC – World Travel & Tourism Council). O protocolo de boas práticas foi elaborado seguindo as recomendações da OMS, com a colaboração de entidades ligadas ao setor turístico. Para o selo ser validado, os protocolos de biossegurança adotados pelos destinos precisam atender a vários requisitos de enfrentamento à pandemia.

Independente do destino da sua viagem na pandemia, prestar atenção em como o destino está se comportando é fundamental para garantir uma viagem mais segura. Além disso, é de responsabilidade do viajante seguir as normas estabelecidas pelos destinos, aeroportos, companhias aéreas, hospedagens e etc. para garantir a sua segurança e a dos outros viajantes.

Como escolher uma hospedagem?

Parte essencial de qualquer viagem, as hospedagens também estão se adaptando a esse novo momento, estabelecendo medidas de segurança e higienização para garantir a tranquilidade e segurança dos hóspedes. 

Por isso, os viajantes devem observar no site da acomodação se há informações sobre medidas em relação a Covid-19, como limpeza e inspeções frequentes de quartos e áreas comuns. Além disso, optar por hotéis com mais flexibilidade em casos de cancelamentos e reagendamentos também é uma ótima opção. 

Como alguns dos principais destinos turísticos do Brasil estão lidando com a pandemia

Bonito/MS

Bonito/MS está recebendo turistas e não é necessário apresentar o teste da Covid-19. O destino é também um dos únicos no Brasil que recebeu o selo Safe Travels. A cidade também recebeu os selos Turismo Responsável e Bonito Seguro.

Na cidade, os passeios seguem operando com segurança apesar do lockdown que vem sendo implementado no Brasil. Restaurantes e comércio local seguem abertos, de acordo com as restrições toque de recolher do estado. 

De acordo com o último decreto publicado, o toque de recolher em Bonito/MS acontece das 20h às 5h de segunda a sexta e por isso não afeta o funcionamento da grande maioria dos passeios, que acontecem durante o dia. 

Aos sábados e domingos, atividades e serviços, incluindo atividades turísticas, poderão manter-se em funcionamento e abertos ao público no período das 05h às 16h.

O Aeroporto de Campo Grande, na capital do Mato Grosso do Sul, é o principal meio de receber os turistas que vão conhecer Bonito/MS e está funcionando normalmente. Porém, em alguns casos podem ocorrer alterações de horários e cancelamentos até 48 horas antes do embarque. Por isso, é importante sempre consultar o status do seu voo com a companhia aérea.

Já o Aeroporto de Bonito opera somente com voos da Azul e está em funcionamento também. 

Para acompanhar a situação da pandemia em Bonito/MS em tempo real, acesse o site oficial da Prefeitura de Bonito e a Vigilância Sanitária de Bonito. Para saber em detalhes como Bonito/MS está operando, acesse o nosso post completo

Fernando de Noronha/PE

Fernando de Noronha/PE está recebendo turistas com restrições de funcionamento dos serviços não essenciais. Além disso, a partir de abril o destino receberá somente dez voos por semana. As informações são da administração do arquipélago, divulgadas recentemente em nota.

Atualmente, em Noronha estão proibidas o funcionamento de todas as atividades não essenciais, das 22h às 5h, inclusive nos finais de semana. Além disso, também não está permitida a utilização de som na faixa de areia das praias e em bares, lanchonetes, restaurantes e estabelecimentos similares

Referente à entrada dos viajantes na ilha, o destino exige a apresentação de teste do coronavírus, realizado 48 horas antes do embarque.

Para saber mais sobre a situação atual de Fernando de Noronha, acompanhe o site oficial do destino. 

Serra Gaúcha/RS

De acordo com último decreto publicado, as principais cidades da Serra Gaúcha, Gramado e Canela, estão na bandeira preta até, pelo menos, 04 de abril de 2021. Isso significa que a suspensão geral de atividades não essenciais entre 20h e 5h de segunda a sexta-feira e aos fins de semana e feriados é válida em todo o estado até 4 de abril.

Para restaurantes e lanchonetes, o horário limite para atender clientes de forma presencial é 18h nos dias úteis, não podendo abrir nos demais dias. O atendimento pode ser feito nas modalidades de take away e drive-thru entre as 5h e 20h em todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados.

Para saber mais sobre a situação atual da Serra Gaúcha, acompanhe o site oficial do estado do Rio Grande do Sul

Países abertos para os brasileiros

Para viagens internacionais, no momento, 8 países estão com restrições leves para brasileiros de acordo com o mapa de restrições de viagem, sendo eles: República Centro Africana, Albânia, Eslováquia, Afeganistão, Costa Rica, Macedônia do Norte, Nauru e Reino de Tonga. 

Além disso, existem outros países com restrições moderadas para brasileiros:

  • Bolívia: é necessário ter um certificado médico com resultado negativo para o teste PCR Coronavírus, emitido no máximo 3 dias antes da chegada. Além disso, um formulário também deve ser preenchido e entregue na chegada ao país;
  • México: um formulário deve ser preenchido e entregue na chegada ao país;
  • República Dominicana: um bilhete eletrônico ou um formulário de declaração de saúde deve ser preenchido e entregue antes da partida. Os passageiros estão sujeitos a exames médicos na chegada.

É seguro viajar de avião na pandemia?

As companhias aéreas estão retomando aos poucos voos entre os principais destinos nacionais e internacionais. Porém, ainda existem desafios para quem opta viajar de avião na pandemia

A grande preocupação é a circulação de oxigênio dentro das aeronaves. Muitas companhias aéreas estão utilizando filtro de ar com tecnologia HEPA (High Efficiency Particulate Air), que ajuda na renovação do ar. O sistema funciona retirando o ar da aeronave e misturando com oxigênio reciclado antes de lançá-lo de volta dentro da cabine, por meio de exaustores instalados no chão. O processo garante a limpeza do ar, mas não previne 100% a contaminação.

Além disso, conheça os outros cuidados que estão sendo tomados por companhias aéreas e aeroportos: 

  • Check-in online;
  • Uso de máscaras: atente-se ao tipo de máscara exigida por cada companhia aérea; 
  • Disponibilidade de álcool em gel em aeroportos e aeronaves;
  • Controle sanitário antes do embarque; 
  • Renovação frequente do ar nas aeronaves;
  • Serviço de bordo reduzido;
  • Assento do meio livre.

Quais são os testes indicados para viajar?

O teste PCR é o principal exame exigido em viagens internacionais. Ele é capaz de detectar a presença do vírus até doze dias depois do início dos sintomas. 

Para fazer o exame, é necessário um pedido médico e, geralmente, somente pessoas com sintomas são aconselhadas a realizá-lo. Se você precisa viajar para o exterior e o exame é um dos requisitos de entrada no país, você pode solicitá-lo diretamente com um laboratório.

O resultado será emitido como um certificado, e deve conter seus dados de identificação. Para viagens internacionais, é necessário apresentar uma versão válida do documento em inglês.

Atente-se às regras de reagendamento e cancelamento

  Mais do que nunca é importante reservar a sua viagem com antecedência e ficar atento às regras de reagendamento e cancelamento adotadas por companhias aéreas, hospedagens e atrativos turísticos. 

Aqui na Bonitour você pode montar o roteiro da sua viagem para destinos como Bonito/MS, Serra Gaúcha/RS e Fernando de Noronha/PE. E, se precisar, você pode cancelar a sua viagem sem custos para solicitações com até 7 dias de antecedência a data da viagem. 

Check-in online Bonitour

Além disso, disponibilizamos o check-in online, uma forma rápida e prática de fazer o check-in de sua viagem pela internet. Com essa opção, você garante maior segurança, poupa tempo e evita filas. 

Com a ferramenta, disponível em nosso site e aplicativo, você também fica sabendo quais são os itens obrigatórios dos passeios contratados. 

Dúvidas frequentes sobre viagens na pandemia

Posso viajar na pandemia?

De acordo com o Ministério da Saúde, a recomendação é evitar viagens, especialmente para destinos internacionais. Ainda que a vacinação tenha começado  a pandemia ainda está em um momento crítico e muitas pessoas se contaminam e contaminam outras diariamente.

Para onde viajar na pandemia?

Opte por destinos que estejam seguindo à risca os protocolos de segurança e verifique as normas do governo e restrições de viagem antes de fazer sua reserva. Dê preferência também por viagens curtas, de carro e aproveite para conhecer a sua própria cidade e destinos próximos, evitando sempre aglomerações. 

Quais máscaras são aceitas em aviões?

Nas companhias aéreas brasileiras: Azul, Gol e Latam não são aceitas máscaras com válvula, mas não há restrição para outros modelos. Já em algumas empresas internacionais, são aceitas somente máscaras padrão PFF2, KN95 e N95 ou máscaras hospitalares. 

Por isso, antes de viajar, confirme com a companhia aérea qual o tipo de máscara permitida durante o voo.

Preciso realizar o teste de Covid-19 para viajar?

No Brasil, o único destino que exige teste é Fernando de Noronha. O exame precisa ser feito até 48h antes do embarque e o resultado negativo deve ser mostrado na hora de embarcar. Ao chegar no arquipélago, uma cópia do exame deve ser deixada no aeroporto.

Já para o novo normal em viagens internacionais, alguns países, como México e República Dominicana, não exigem o teste PCR para entrada no país, mas é preciso preencher um formulário antes de embarcar.

Ficou com alguma dúvida sobre como viajar com segurança? Comente aqui embaixo que responderemos o mais breve possível. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


    Receba nossas dicas por e-mail 🙂