fbpx

Tudo sobre o Pantanal

Tudo sobre o Pantanal

O Pantanal é uma das regiões brasileiras mais ricas em natureza e conta com paisagens de encher os olhos. O bioma reserva surpresas únicas para os visitantes e conta com diferentes passeios para explorar o local, tanto pela terra como pela água. Neste texto, você conhece tudo sobre o Pantanal e descobre o que fazer por lá em diferentes épocas do ano.  

Continue a leitura e descubra tudo sobre o Pantanal!

Onde fica o Pantanal?

Com uma área de 150.355 km², o destino é considerado Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO e pode ser encontrado no Brasil, Bolívia e Paraguai. No Brasil, o bioma está localizado na região Centro-Oeste e faz parte dos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. 

Saiba onde fica o Pantanal
Saiba onde fica o Pantanal | Créditos: José Sabino

Pantanal Norte e Pantanal Sul

Existem duas regiões distintas para explorar o bioma: o Pantanal Norte, no estado do Mato Grosso, e o Pantanal Sul, no estado do Mato Grosso do Sul. 

O Pantanal Norte é conhecido por suas manifestações culturais e artísticas, além da pesca e animais aquáticos.

Já o Pantanal Sul é o destino perfeito para quem quiser entrar em contato  direto com a natureza da região e conhecer de perto diversos animais típicos em passeios repletos de aventura pela terra ou pela água. 

Principais cidades

Entre as principais cidades para conhecer no Pantanal Norte estão: Cáceres, Poconé e Barão de Melgaço. Já no Pantanal Sul, as principais cidades são: Corumbá, Aquidauana, Miranda e Aguapé.

Qual a melhor época para visitar o destino?

Os períodos de seca e cheia mudam bastante as paisagens do destino e influenciam diretamente o turismo na região. Conheça um pouco mais sobre cada período do ano no destino e descubra qual é a melhor época para visitar o Pantanal

Passeio de chalana no destino
Passeio de chalana no destino

Baixa temporada

De novembro a maio é considerado o período de cheia e baixa temporada no Pantanal. A região fica mais alagada e é uma ótima oportunidade para conhecer o destino através de passeios em seus belos rios. Durante a cheia você conhecerá paisagens exuberantes e encontrará com mais facilidade promoções de passagens, hospedagem e passeios.

Período da vazante

Em maio, junho e julho é a época de transição da cheia para a seca, conhecido como período da vazante no destino. No período o destino fica ainda mais cheio de aves, répteis e jacarés. As noites são mais frias, os dias mais secos e é também um bom período para conhecer o destino, principalmente nas férias escolares.

Alta temporada

A alta temporada no Pantanal acontece durante a estação seca, entre agosto e outubro. É a época ideal para quem deseja conhecer safáris e explorar paisagens exuberantes, com ipês floridos e muitos animais que aparecem para saciar a sede nos lagos. O ideal é planejar a viagem com bastante antecedência para garantir sua vaga em passeios e hospedagem.

Como chegar no Pantanal?

O destino conta comum pôr do sol indescritível
O destino conta comum pôr do sol indescritível | Créditos: Daniel Milano

Como chegar no Pantanal Norte

O mais indicado é ir de avião até a cidade de Cuiabá/MT e de lá seguir de carro ou ônibus até a cidade de Poconé/MT, onde começa o Pantanal. De carro o trajeto leva aproximadamente 1h30, já de ônibus pode levar cerca de 3h30.

Como chegar no Pantanal Sul 

O recomendado é ir de avião até Campo Grande/MS e a partir da capital seguir até Corumbá/MS de carro ou transporte compartilhado. A viagem leva aproximadamente 4 horas.

Principais características do Pantanal

O destino é uma área de transição entre o Cerrado, a Amazônia e o Chaco. Por isso, é uma região de floresta úmida, com grandes áreas aquáticas, semi aquáticas e 180 rios que formam uma rica bacia hidrográfica.

Saiba quais as principais características do Pantanal
Saiba quais as principais características do Pantanal

Vegetação

O Pantanal possui vegetação abundante e por lá existem espécies únicas que estão divididas nas zonas alagadas, predominantemente alagadas e as que estão em áreas secas. Existem mais de 3.500 espécies de plantas no destino, como as palmeiras, buriti, carandá, vegetações rasteiras, plantas aquáticas, ipês, figueiras, mandacaru, orquídeas, piúvas e muito mais. 

Saiba como é a vegetação do destino
Saiba como é a vegetação do destino | Créditos: Nathalia Segato

Fauna

As espécies de animais são um dos principais encantos da região e surpreendem os turistas com sua grande diversidade. O Pantanal é o bioma com maior número de aves do planeta, com aproximadamente 650 espécies. Entre os animais símbolos do destino, os destaques são a onça-pintada, o jacaré, as capivaras, as araras e os tucanos. 

A onça-pintada é um animal símbolo do destino
A onça-pintada é um animal símbolo do destino

Clima

O clima no Pantanal é dividido entre períodos de chuva no verão e de seca no inverno. No inverno a média é de 16ºC, mas pode chegar a temperaturas baixas devido a interferência das massas vindas do Polo Sul. Já no verão as chuvas são frequentes e a média é de 33º C, podendo chegar facilmente nos 40º C.

Saiba como é o clima
Saiba como é o clima no Pantanal

O que fazer no Pantanal?

Sendo um dos principais destinos turísticos do Brasil, o lugar atrai milhares de viajantes que buscam passeios de aventura ou contemplação em meio à natureza. Por lá, as opções de atividades incluem passeios a cavalo, pesca esportiva, trilhas, canoagem, quadriciclo, escalada e bike.

Os passeios de observação de animais silvestres estão entre os mais populares, já que permitem que os turistas observem de perto animais típicos do bioma, como jacarés e a onça-pintada. 

Confira alguns dos principais atrativos no destino e saiba o que fazer no Pantanal:

  • Fazenda San Francisco com safári fotográfico, trilha, passeio de Chalana e pescaria de piranhas.
  • Pousada Pequi  com safári fotográfico, trilha, passeio a cavalo e passeio de barco pelas águas do Rio Aquidauana. 
O que fazer no Pantanal?
O que fazer no Pantanal? | Créditos: Abraão Paes

Pratos típicos

A comida pantaneira é também um dos principais atrativos do destino. Rica e diversa, a culinária conta com pratos deliciosos e únicos, com destaque para peixes como piranha, pacu, dourado e pintado, que podem ser servidos fritos, cozidos ou assados. 

Outros destaques são as carnes exóticas da javali e jacaré, além de pratos com influência indígena e de outros países, como o caldo de piranha, arroz boliviano, chipa, sopa paraguaia, saltenha boliviana e o churrasco pantaneiro.

A conhecida Comida de Comitiva também está sempre presente com o arroz carreteiro, feijão gordo e macarrão de comitiva frito na banha de porco e feito com carne de sol.

Entre as sobremesas, o destaque fica para o milk shake de bocaiúva, feito com leite, sorvete e bocaiúva, uma fruta com alto valor nutritivo e rica em magnésio, fósforo, cobre e carotenóides. Outra sobremesa popular é a rapadura de jaracatiá, feita com de um arbusto típico da região.

Já entre as bebidas, o destaque é o tereré, a bebida mais consumida na região. De origem paraguaia, o tereré é uma bebida tomada gelada com água, sucos, hortelã ou limão. De origem indígena, o nome “tereré” vem do ruído do ronco da guampa (recipiente que é servido), quando a bebida está terminando. 

Saiba quais são os pratos típicos do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
Saiba quais são os pratos típicos do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul | Créditos: Divulgação Gazeta do Povo

Onde se hospedar?

No destino existem diferentes estilos de hospedagem. Além dos hotéis tradicionais, por lá você pode optar também pelos barcos-hotéis, onde você se hospeda em cabines com camas e refeições.

Já as hospedagens voltadas para o ecoturismo incluem pousadas e hotéis fazenda, onde na diária já estão inclusas as refeições e alguns passeios pela região. As dicas de onde se hospedar no Pantanal dentro dessa categoria são a Pousada Pequi e a Fazenda San Francisco.

Saiba onde se hospedar
Saiba onde se hospedar

Eixo Pantanal Sul – Bodoquena – Bonito

Você sabia que pode deixar a sua experiência de viagem ao destino ainda mais completa? A região fica próxima a dois outros grandes destinos de ecoturismo do Brasil: Bonito/MS e a Serra da Bodoquena/MS.

Quem visita qualquer um dos três destinos pode facilmente incluir os outros dois no roteiro, já que as regiões ficam próximas e oferecem passeios incríveis em meio à natureza. Para saber mais, acesse: O que fazer em Bonito/MS? e Serra da Bodoquena: tudo o que você vai ver por lá.

Conheça o Pantanal com a Bonitour

Você pode viver uma experiência inesquecível em uma das regiões mais incríveis do mundo. A Bonitour conta com diferentes passeios de aventura e contemplação no Pantanal, Bonito/MS e Serra da Bodoquena/MS e você pode montar o seu roteiro completo pelo Roteiro Fácil, uma ferramenta simples e gratuita disponível no site da Bonitour. Acesse e conheça!

Um comentário sobre “Tudo sobre o Pantanal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *