capa_#ficadica

#ficadica – Como tirar fotos incríveis na sua viagem

O #FicaDica é um quadro do blog da Bonitour, onde nossos convidados compartilham suas experiências de viagem e outras dicas através de fotos e relatos escritos. É importante salientar que não possuímos vínculos comerciais com os autores ou assuntos abordados. Esse é apenas um espaço para pessoas contarem suas experiências, compartilharem dicas relevantes ou exporem as atividades que dominam. Quer participar também? Entre em contato com o marketing@bonitour.com.br

***

Desde que a fotografia foi inventada, muitos equipamentos e técnicas foram aprimorados. Milhares e milhares de imagens por minuto em cada cantinho do planeta. Inúmeros tipos de equipamentos e um propósito: fazer a foto perfeita. 

E pensando nisso, chamamos uma convidada especial para dar algumas dicas de como eternizar momentos especiais na sua viagem. Confira!

A convidada

Oi, pessoal! Tudo bem?

Sou Kelly Lima, fotógrafa em Florianópolis e a convite da Bonitour, vou dar algumas dicas sobre fotografia para que suas fotos de viagem sejam memoráveis! Vamos lá:

Diga xis!

A primeira dica é para capturar imagens bacanas através da câmera que todo mundo tem: a câmera do celular.

Fique atento, observe os elementos ao seu redor, porque eles podem fazer diferença na composição da foto. Sejam eles elementos arquitetônicos ou naturais, a criatividade deve prevalecer. 

Foto: @kellylimaretratos
Foto: @kellylimaretratos

Experimente outros ângulos. Se abaixe, fique na ponta do pé, sente no chão, se aproxime ou se afaste… tanto faz! Mudar de ângulo na fotografia é também mudar o olhar para aquilo que se fotografa.

E tem como fazer boas fotos quando o tempo está nublado ou chuvoso? Com certeza. 

Dias nublados ou chuvosos podem propiciar fotos tão boas quanto um dia de sol. As características dos dias de chuva realçam o cinza e possibilitam fotos mais melancólicas e com ar artístico. Tente usar os reflexos de poças d’água, ruas e janelas molhadas, faróis de carro e foco ou desfoque do fundo. 

Dias ensolarados ou no pôr do sol, são situações legais para destacar silhuetas, valorizando corpos ou poses específicas. Fotos contra a luz tem naturalmente mais contraste.

Foto: @kellylimaretratos
Foto: @kellylimaretratos
Foto: @kellylimaretratos
Foto: @kellylimaretratos

Sugestões de elementos para compor as fotos e expressar personalidade:

  • Flores;
  • Pisca-piscas;
  • Balões;
  • Objetos pessoais;
  • Fitas coloridas;
  • Guarda-chuva ou sombrinhas;
  • Copos, canecas e taças;
  • Alimentos como sorvete, frutas e doces.

Use sua criatividade. Não desista nos primeiros ‘’clicks’’. Exercite seu olhar!

Busque inspiração na internet, como em sites, tipo Pinterest e Tumblr. 

Foto: @kellylimaretratos
Foto: @kellylimaretratos

Edição de fotos

Com certeza você já ouviu falar em Photoshop. Não é mesmo? Você pode usar esse editor no desktop ou celular. Ele é bastante popular nas edições de foto dos fotógrafos profissionais, mas não se assuste, é bem simples de usar. Nele você encontra opções fáceis para editar, como alteração de contraste, exposição, temperatura da cor, sombras, correções e inúmeros filtros. Experimente.

Além dele, gosto também do Airbrush, para fazer correções, modelagens, melhorar iluminação e etc. Ah, tudo no celular!

Há uma infinidade de aplicativos para edição, basta você experimentar e definir o que melhor te atende. Antes de viajar, é sempre bom já ter algum aplicativo de edição de fotos instalado, para postar aquelas fotos bem maneiras da viagem. 

Foto: @kellylimaretratos
Foto: @kellylimaretratos

‘’Kelly, quero comprar uma câmera profissional. Como eu escolho?’’

Sempre ouço essa pergunta, por isso, resolvi fazer uma lista com os tipos de câmera e suas características. Olha só:

Câmeras básicas:

  • Elementos ópticos limitados;
  • zoom com alcance de até 15x;
  • Normalmente, quatro opções de focagem;
  • Quatro modos de disparo;
  • Modos de captura de cena;
  • Normalmente, contam com detectores de rosto ou sorriso;
  • Normalmente dispõe de flash;
  • ISO até 1.250.

Câmeras avançadas:

  • Mais versáteis;
  • Lente fixa, não sendo necessário expor o sensor;
  • Opções de flash;
  • Automático ( velocidade e abertura do obturador);
  • Normalmente, com controle de foco manual;
  • ISO maior, de até 3.200

Câmeras semi-profissionais:

  • Software mais preciso;
  • Melhor sensor, facilidade e rapidez no manuseio;
  • Opções de modo de captura;
  • ISO de até 1.600 (pode chegar a mais). 

Câmeras profissionais:

Brincadeiras a parte, esse momento é meu! (risos)

Eu optei por descrever a Canon 6D, que é câmera para todos os gostos, full-frame (sensor equivale ao filme fotográfico 35mm) e DSLR (digital single-lens reflex), ideal para fotografias de viagem e natureza. 

Essa câmera possui:

  • Sensor full-frame 20,2 megapixels;
  • Qualidade de imagem mesmo com pouca luz;
  • ISO de até 25,600;
  • Redução de ruído;
  • Maior velocidade de processamento;
  • Wifi;
  • App gratuito para download – EOS Remote;
  • GPS.
Foto: @kellylimaretratos
Foto: @kellylimaretratos

“A câmera não faz diferença nenhuma. Todas elas gravam o que você está vendo. Mas você precisa ver.” Ernst Haas

Gostou das dicas? Espero ter te ajudado a criar ótimas fotos de viagem!
E não deixe de acompanhar o blog da Bonitour. Vem mais dicas por aí!


Foto: @kellylimaretratos

Kelly Lima Retratos
Telefone: (48)9966-0416
E-mail: klimaplay1@gmail.com
Instagram: @kellylimaretratos
Florianópolis/Santa Catarina
Brasil


Comments (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *