fbpx

Os 10 pontos mais altos do Brasil

Os 10 pontos mais altos do Brasil

O Brasil, apesar de suas ricas e diversas paisagens naturais, não é considerado um país de grandes altitudes se comparado a outros países da América do Sul. Porém, ainda assim, por aqui é possível chegar a alguns pontos acima das nuvens, cercados por horizontes incríveis.

O relevo nacional permitiu que alguns picos brasileiros chegassem bem perto dos 3 mil metros de altitude. Além das belas paisagens, quem visita os picos nacionais conhecerá também trilhas e mirantes, típicos dos destinos de aventura.

Neste texto você irá conhecer os picos mais altos do Brasil, sua localização e porque eles são uma ótima opção para a prática do ecoturismo. Confira! 

Como se preparar para conhecer os picos

Os picos, segundo o IBGE, são os pontos mais altos de um morro, montanha ou serra e devido a suas maiores altitudes é preciso um preparo para conhecer esses destinos. Confira as principais dicas para quem for subir um pico pela primeira vez: 

  1. Se informe: O primeiro passo é reunir todas as informações importantes sobre o local. Busque saber qual é a época mais adequada para ir, pesquise mapas e fique por dentro do grau de dificuldade da caminhada até o ponto mais alto;
  1. Vá bem equipado: Tênis e roupas confortáveis, mochila, protetor solar e repelente são sempre ótimas escolhas. Se for acampar, não esqueça do saco de dormir ou barraca e leve itens como lanternas e isqueiros; 
  1. Leve comida e bebida: Para trilhas, a melhor opção são os lanches rápidos, feitos em casa, como sanduíches naturais. Evite levar itens que estraguem com facilidade e leve sempre bastante água potável; 
  1. Verifique a previsão do tempo: Fique sempre atento a previsão do tempo e em caso de chuvas, evite subir o pico.
  1. Respeite o local e obedeça às regras de preservação da natureza. De preferência também a conhecer esses locais acompanhado de guias que conhecem o destino. 

Os picos mais altos do Brasil

1. Pico da Neblina

O Pico da Neblina, localizado no norte do Amazonas, é o ponto mais alto do Brasil com 2.994 metros de altitude. O pico foi batizado assim devido ao fato de que o topo da montanha fica quase sempre encoberto pela neblina. O local também dá nome ao Parque Nacional do Pico da Neblina, onde está situado. 

Para chegar até a base do pico são precisos 2 ou 3 dias de caminhadas intensas, em meio a lama, calor e a umidade da floresta. No final do terceiro ou quarto dia, o visitante chega à base da montanha de onde é possível vê-la em meio a neblina. Depois disso, é preciso subir por cerca de 5 horas até avistar a bandeira do Brasil, colocada no cume da montanha pelo Exército, que marca o ponto mais alto do país.

2. Pico 31 de março 

O segundo ponto mais alto do país é o Pico 31 de Março, com 2.972 metros de altitude. O pico também está localizado no Amazonas, na Serra do Imeri, fazendo divisa com a Venezuela e a apenas 600 m de distância do Pico da Neblina.

Por estarem bem próximos e terem alturas semelhantes, os dois picos mais altos do Brasil possuem dificuldades parecidas para alcançar o topo, levando dias e muito preparo físico para chegar ao ponto mais alto.

3. Pico da Bandeira

O terceiro ponto mais alto do Brasil, o Pico da Bandeira é o ponto mais alto dos estados do Espírito Santo e de Minas Gerais, assim como de toda a região Sudeste do Brasil, com 2.891 metros de altitude.

O pico tem esse nome porque, por volta de 1859, o imperador Pedro II determinou que fosse colocada uma bandeira do Império naquele que, na época, era tido como o ponto mais alto do Brasil.

Para subir ao topo pelo lado do Espírito Santo, são 5 km de trilha e o desnível é de 650m. Já pelo lado de Minas Gerais são 6,3 km e 900m de desnível. Geralmente os visitantes fazem a subida em 2 etapas. Iniciam a caminhada no período da tarde e por 3,5 km até o Terreirão, ponto de acampamento localizado no meio da subida. Passam a noite acampados por lá e no dia seguinte percorrem os 3 km restantes até o ponto mais alto.

4. Pico do Calçado 

O Pico do Calçado faz parte do Pico da Bandeira e é considerado um sub cume, com 2.849 metros de altitude. Fazendo dele a segunda montanha mais alta dos estados do Espírito Santo e de Minas Gerais e a quarta mais alta do Brasil.

Para chegar ao Pico do Calçado, é possível ir até o Pico da Bandeira e depois continuar por uma trilha pesada de 40 minutos ou cerca de três horas a partir do acampamento do Terreirão. 

5. Pico Pedra da Mina

O Pico Pedra da Mina é a quinta montanha mais alta do Brasil e está localizada na Serra da Mantiqueira, na divisa de São Paulo com Minas Gerais. Com 2.798 metros de altitude, é o ponto mais alto da Serra e do estado de São Paulo e a terceira montanha mais alta de Minas Gerais.

Para chegar ao ponto mais alto é necessário ótimo condicionamento físico e, de preferência, acompanhado por guias experientes. A subida ao pico acontece através da trilha do Paiolinho e dura, em média, 8 horas (somente subida).

6. Pico das Agulhas Negras

O Pico das Agulhas Negras tem 2.791 metros de altitude e é o ponto mais alto do estado do Rio de Janeiro, o quarto ponto mais alto do estado de Minas Gerais, e o sexto mais alto do Brasil.

Também está localizado na Serra da Mantiqueira, entre os municípios fluminenses de Itatiaia e Resende, e o município mineiro de Bocaina de Minas, na parte alta do Parque Nacional de Itatiaia.

Para subir ao pico é necessário ir até o Abrigo Rebouças e de lá subir por cerca de 5 km até o ponto mais alto, o que leva, em média, cinco horas para ir e voltar. O percurso é bastante vertical, o que exige o uso de uma técnica chamada escalaminhada, que é realizada com a ajuda das mãos.  

7. Pico do Cristal

O Pico do Cristal é o sétimo pico mais alto do Brasil, com 2.769 metros de altitude. Ele está localizado na Serra do Caparaó, dentro do Parque Nacional do Caparaó em Minas Gerais. O local tem esse nome devido à abundância de quartzo na montanha.

Por estar próximo do Pico da Bandeira e do Pico do Calçado, o acesso ao Cristal é feito através da parte final da trilha que leva ao Pico da Bandeira. O percurso não é delimitado e passa por campos alagados e três pequenas lagoas naturais, onde se formam lâminas de gelo nos períodos mais frios. Ao final, o visitante precisa encarar uma subida que passa por lajes de pedra íngremes e lisas.

8. Monte Roraima

O Monte Roraima possui 2.734 metros de altitude e é uma montanha localizada na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. O monte tem formato de mesa, bastante característico do planalto das Guianas. 

Como o Monte Roraima está situado em uma região remota, o acesso feito pelo lado brasileiro é mais difícil por ser uma área isolada e pouco povoada. Portanto, para escalar o monte, o acesso até lá é feito geralmente pelo lado venezuelano, na cidade de Santa Elena de Uairén. 

9. Morro do Couto

O Morro do Couto possui 2.680 metros de altitude e fica no Parque Nacional do Itatiaia, no estado do Rio de Janeiro. 

É a primeira montanha que o visitante alcança a partir da portaria do parque, e pode ser subido em duas horas de caminhada moderada. Do topo, o visitante terá uma vista incrível do Pico das Agulhas Negras e da Serra Fina, uma parte da Serra da Mantiqueira.

10. Pedra do Sino de Itatiaia 

O décimo pico mais alto do Brasil é a Pedra do Sino de Itatiaia com 2.670 metros de altura. Ela também fica localizada no Parque Nacional de Itatiaia, próxima ao Pico das Agulhas Negras.

O percurso até o topo da Pedra tem 18 km e é a trilha de um dia mais longa do Parque. O caminho passa pelo circuito 5 lagos, Vale Pré Histórico, Ovos da Galinha até a subida final à Pedra.

Se aventure com a Bonitour!

Deu para perceber que visitar as montanhas do Brasil é para quem gosta de aventura, não é mesmo? Aqui na Bonitour, somos apaixonados pelo ecoturismo e incentivamos sempre a vista a lugares como rios, cachoeiras, trilhas, parques, praias e muito mais! 

No site da Bonitour, você pode montar o roteiro da sua viagem para Bonito/MS, Fernando de Noronha/PE ou Serra Gaúcha/RS de maneira fácil e rápida através do Roteiro Fácil, uma forma simples e prática para organizar a sua viagem. E baixando o aplicativo de viagens, você tem acesso ao seu roteiro, além das facilidades de check-in online e cashback nos destinos. Acesse o nosso site e confira.

2 comentários sobre “Os 10 pontos mais altos do Brasil

  1. Roubaram 1 metro – Quase permanentemente coberto por nuvens, o Pico da Neblina (AM) é o ponto mais alto do Brasil, elevando-se a 2.995 metros acima do nível do mar

    1. Olá Carlos!
      Agradecemos pelo comentário e pela observação. Na nossa pesquisa, utilizamos a última informação divulgada pelo IBGE que, após revisão proporcionada pelo Projeto Pontos Culminantes, concluiu-se que, o Pico da Neblina está a exatos 2.993,98 metros de altitude. Para o post, optamos por arredondar o número.
      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


    Receba nossas dicas por e-mail 🙂



    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.